Buscar...
Entrega GRÁTIS para RJ e Região*
Pedido mínimo de apenas R$150
Despachamos para todo o Brasil

Ginecologia

Os instrumentos de ginecologia auxiliam o profissional de saúde na realização dos procedimentos pertinentes. Kit DIU estéril, espéculo vaginal, kit citologia, escova cervical e outros são de crucial importância para a realização de procedimentos com eficácia e segurança para as pacientes.

Exibindo todos 8 resultados

Mais sobre Materiais de ginecologia para uso médico

Os instrumentos de ginecologia auxiliam o profissional de saúde na realização dos procedimentos pertinentes.

Kit DIU estéril, espéculo vaginal, kit citologia, escova cervical e outros são de crucial importância para a realização de procedimentos com eficácia e segurança para as pacientes.

Todos esses instrumentos são de uso único, devendo o profissional fazer o descarte logo após o uso. O descarte é um procedimento essencial para evitar contaminações e infecções.

Talvez você se interesse por esses produtos da mesma categoria: agulha 27g, jelco 14, luvas, pinça de cheron, campo fenestrado.

Instrumentos de ginecologia e suas aplicações

Em consultório, o ginecologista poderá ter que realizar a coleta de materiais para posteriores exames, como é o caso do Papanicolaou, que tem o objetivo de detectar alterações nas células do colo do útero. Nesse procedimento, é essencial que o profissional disponha do kit citologia.

Com o kit citologia, o especialista tem, numa única embalagem, os instrumentos necessários para a realização de procedimentos ginecológicos e para a coleta de maneira prática e segura.

E se o ginecologista precisa fazer a coleta de amostra da Cérvix, também para a realização do exame de colpocitologia oncótica (Papanicolau), a escova cervical é o instrumento que o auxiliará.

Nos exames de ultrassonografia, o uso do preservativo não lubrificado é uma etapa crucial no procedimento. O objetivo é que esse item atue na cobertura das sondas de aparelhos de ultrassonografia transvaginal, evitando riscos de infecção à paciente.

Outro instrumento de suma importância na ginecologia é a Espátula de Ayres, usada na coleta de material cérvico-vaginal.
Essa espátula é geralmente fabricada em madeira, tendo uma extremidade com o formato redondo e a outra com uma leve divisão com acabamento, resultando num melhor ajuste anatômico à porção vaginal do colo do útero.

Ainda, se o especialista precisa de uma melhor visualização das paredes do colo uterino, o uso do espéculo vaginal é de suma importância.

Os espéculos vaginas são produtos estéreis, atóxicos e podem ser regulados por meio de parafuso. Esses instrumentos auxiliam tanto a coleta de material, como também a realização da colposcopia e de biópsias.

Recomendações importantes

Os instrumentos de uso na ginecologia, como Espátula de Ayres, Kit DIU estéril, espéculo vaginal, escova cervical e outros, devem ser descartados após o uso.

E é necessário que o descarte de tais produtos siga as normas de biossegurança estabelecidas no que diz respeito ao lixo hospitalar. Isso garante tanto a segurança dos pacientes quanto do corpo médico e funcionários.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), determina que o produto médico-hospitalar de uso único é aquele que, após o uso, perde suas características originais. Também, devido a outros riscos potenciais à saúde do usuário, esse instrumento jamais deve ser reutilizado.

Verificar a data limite do produto para uso é mais um procedimento importante para a proteção da saúde do paciente.

Jamais utilize esses produtos se a embalagem estiver violada. Por isso o profissional de saúde deve realizar a verificação antes do uso.

Os procedimentos de segurança antes e durante o uso de tais produtos garante que microrganismos não pertencentes à microbiota local não adentrem neste tecido e, ainda, que patógenos não sejam enviados de um paciente para outro.

Dúvidas? Fale conosco agora mesmo.

Não hesite em nos perguntar e tirar quaisquer dúvidas que você tenha. Estamos aqui para lhe ajudar.