Buscar...
Entrega GRÁTIS para RJ e Região*
Pedido mínimo de apenas R$150
Despachamos para todo o Brasil

Soros

O Cloreto de Sódio 0,9%, também conhecido como soro fisiológico, é indicado como repositor do equilíbrio eletrolítico em casos de deficiência de sódio. O soro também pode ser utilizado como repositor de água e eletrólitos em casos de alcalose metabólica, ou seja, aumento do pH do sangue, de grau moderado e ainda, como diluente para medicamentos.

Exibindo todos 8 resultados

Mais sobre Soros para uso médico e hospitalar

O Cloreto de Sódio 0,9%, também conhecido como soro fisiológico, é indicado como repositor do equilíbrio eletrolítico em casos de deficiência de sódio.

O soro também pode ser utilizado como repositor de água e eletrólitos em casos de alcalose metabólica, ou seja, aumento do pH do sangue, de grau moderado e ainda, como diluente para medicamentos.

Talvez você se interesse por esses itens da mesma categoria: ethamolin, glicose hipertônica, xylestesin.

É uma solução salina com diversas finalidades que falaremos a seguir, como por exemplo, a limpeza de olhos, queimaduras ou feridas e também, para fazer nebulizações.

Sua dosagem de uso deve ser estabelecida por um médico, conforme idade, peso, condições clínicas do paciente, bem como, suas necessidades de líquidos e eletrólitos.

Mas, resumidamente, o cloreto de sódio, é fundamental para manter o equilíbrio sódio-potássio do organismo e contribuir para a recuperação da manutenção da volemia.

Indicações de uso:

  • Desidratação: doença potencialmente grave, caracterizada pela baixa concentração de água, sais minerais e líquidos orgânicos do corpo. Pode se manifestar de forma secundária, quando derivada de diarreias agudas, por exemplo.
  • Veículo de medicamentos: em algumas situações, o soro fisiológico pode ser utilizado como veículo de medicamentos, que posteriormente, serão administrados diretamente na veia. Ou ainda, no caso do Botox, famosa toxina botulínica, amplamente empregada em procedimentos estéticos, com a finalidade de paralisar músculos faciais, impedindo desta forma que estes se movimentem. O cloreto de sódio 9% é usado como veículo, na forma de diluir a toxina, para posteriormente ser aplicada conforme sua indicação.
  • Limpeza dos olhos: nesse caso, é comum em tratamento oftalmológicos, afim de evitar alergias ou infecções.
    Utiliza-se o soro fisiológico para fazer a limpeza dos olhos ou lentes de contato. Neste e no caso citado acima, recomenda-se o cloreto de sódio 9% versão flaconete, pois é a mais pequena e pode ser descartada após seu uso. Sua versão em frascos maiores, nestes casos, pode ser contaminada automaticamente e trazer algum tipo de infecção para os olhos, por se tratarem de um órgão extremamente sensível a fatores externos.
  • Limpeza dos seios nasais: a técnica de lavagem nasal com solução salina é muito comum para eliminar secreções das vias aéreas superiores, sendo portanto, muito eficiente para pessoas com alergias respiratórias, sinusites ou rinites, por exemplo.
  • Limpeza de queimaduras ou feridas: quando necessários esses tratamentos, costumam ser muito delicados e, uma das principais etapas, é manter a limpeza da região lesionada. Nestes casos, o soro fisiológico deve ser aplicado sobre a lesão cuidadosamente, afim de limpá-la e evitando traumas para não retardar o processo de cicatrização.
  • Nebulização: é um excelente auxiliar no tratamento de sinusites, por exemplo. Afinal, através da nebulização com cloreto de sódio 9% é possível facilitar a respiração, podendo servir para administração de medicamentos inalatórios devidamente prescritos pelo médico especialista.

Para concluir, é importante ressaltar que quando utilizado como veículo de medicamentos, deve-se avaliar cuidadosamente a compatibilidade dos medicamentos que serão diluídos ou dissolvidos em solução salina, para que não ocorram intercorrências no tratamento proposto.

Encontram-se disponíveis nas versões: 10 ml, 100 ml,1000 ml, 250 ml e 500 ml.

Características:

  • Administrar via parenteral
  • Solução injetável, límpida e apirogênica
  • Repositor hidroeletrolítico
  • Estéril
  • Uso adulto e pediátrico

Adaptador para Frasco de Soro

O adaptador para frasco de soro é um dispositivo que promove o acesso a recipientes e soluções parenterais em embalagens com sistema fechado, facilitando desta forma a sua retirada.

Para que o mesmo possa, posteriormente ser utilizado no tratamento de feridas, irrigação de campos cirúrgicos, entre outros.

Deste modo, evita a ocorrência de acidentes por dispensar o uso de agulhas, para tal finalidade, além de facilitar a conexão com seringas para remoção de volumes específicos.

Características:

  • Atóxico
  • Estéril
  • Pega ergonômica, evitando o contato das mãos com a ponta perfurante
  • Facilidade de precisão e manuseio
  • Uso único

Dúvidas? Fale conosco agora mesmo.

Não hesite em nos perguntar e tirar quaisquer dúvidas que você tenha. Estamos aqui para lhe ajudar.